ABCCC - Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos

Laço Criador e Potros de Ouro sobem ao pódio no primeiro dia de Crioulaço 2022

14 DE JANEIRO DE 2022 - ATUALIZADA EM 15 DE JANEIRO DE 2022 | Redator: Redação ABCCC

Em uma edição que contempla os trinta anos de uma das modalidades que mais movimenta a raça Crioula pelo Brasil, o Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS, recebe a Final Nacional do Crioulaço 2022. Entre os dias 14 e 16 de janeiro os laçadores entram em pista para disputar os 128 mil reais* em premiações, um valor recorde para a modalidade. Neste primeiro dia de armadas, as categorias Laço Criador Forças A, B e C e Laço Potros de Ouro já subiram ao pódio, consagrando mais 124 nomes que entram para a história do Crioulaço. Todas as emoções das disputas foram transmitidas ao vivo pelo canal oficial do Cavalo Crioulo no Youtube.

 

>> CLIQUE PARA VER A GALERIA COM AS FOTOS  DOS VENCEDORES DO LAÇO CRIADOR E POTROS DE OURO

 

Com uma nova subdivisão de força entre as categorias do Laço Criador, as disputas que iniciaram às 8 horas da manhã contemplaram 30 competidores com a premiação dentre os 90 participantes. Na Força C, divisão oficial a partir de 2022, montando AMC Fandango da Noite, Amauri Casaril subiu na primeira colocação do pódio. Na Força B, saindo diretamente da décima colocação na edição do Crioulaço 2021, João Paulo Paulo Pacheco, montando PRGS Cacique - o mesmo cavalo da disputa no ano anterior - consagrou-se na primeira colocação da categoria. Já na Força A o bicampeonato marca a disputa. Com Duquesa 210 de Santo Isidoro, Alan Antonio da Silva Coutinho repete o feito do ano passado e conquista novamente a primeira colocação.

 

Com apenas 13 anos, Alan Coutinho é um gigante no laço, acumulando inúmeras conquistas no esporte. “Laço desde os meus 2 anos e 8 meses, onde ganhei meu primeiro prêmio de vaca parada. Aos 6 anos comecei a frequentar o Crioulaço força alta, classificando com duas vidas e estando na Final, e desde lá comecei a frequentar todos os anos o Crioulaço e conseguindo sair campeão alguns anos. Graças a Deus campeão de novo com duas vidas no laço criador”, conta o jovem laçador. 

 

Potros de Ouro

 

Contemplando da primeira a quarta colocação, a categoria Potros de Ouro, que também se torna oficial em 2022, fechou o dia de provas na primeira etapa das disputas do Crioulaço. Com nomes já premiados na disputa da categoria no ano passado, a divisão optou por dividir a premiação e com isso seis competidores repartiram a premiação de 8 mil reais*. Vencedor na categoria, o laçador Ricardo Vale Astigarraga, montando Dama da Querência Paraíso, RP 11 da Fazenda Santo Inácio, conta que com foco na modalidade, a Fazenda aposta na doma dos animais para o laço desde cedo, e o resultado desta dedicação ficou evidente em pista. Além de considerar a potranca muito dócil, Ricardo avalia que ela sempre se mostrou “muito vaqueira”. Ele conta: “Ela foi domada no serviço de campo, e cavalo domado no serviço de campo pode até se assustar com o brete, mas não com o boi. O boi salta e o cavalo já sabe o que tem que fazer”.

 

Uma chuva intensa que caiu sobre a pista principal do Cavalo Crioulo enquanto se desenrolava a prova do Potros de Ouro não desanimou os competidores; em vez disso, foi mais um motivo para se orgulhar do desempenho dos animais. “São potros que são domados com três, quatro meses, então vêm pra cá sem saber absolutamente nada. E aí pegam um gado ligeiro, um tempo de chuva e barro.... é difícil”, comenta Ricardo. Mesmo assim, foi possível encerrar a noite com prêmio na mão e sorriso no rosto.

 

VEJA OS RESULTADOS DESTA SEXTA-FEIRA (14/01/2022):

 

LAÇO CRIADOR FORÇA A

 

LAÇO CRIADOR FORÇA B

 

LAÇO CRIADOR FORÇA C



POTROS DE OURO

(dividiram o prêmio)

 

Premiação*

Com R$50 mil a mais em relação à edição anterior, a Final Nacional do Crioulaço 2022 entregará R$128 mil* em premiação entre as forças A, B e C das categorias Laço Criador, Laço Prenda e Duplas Oficiais, além do Laço Potros de Ouro. O prêmio máximo, entregue à melhor dupla oficial da Força A, é de R$25 mil*. Confira os demais valores na Circular do evento.

* A premiação anunciada está sujeita à retenção do Imposto de Renda na fonte, na forma da lei.

 

Transmissão ao vivo

As provas da Final Nacional do Crioulaço 2022 serão transmitidas integralmente ao da competição (sábado e domingo), pelos canais oficiais da Associação: Youtube Cavalo Crioulo Oficial, além do site e do aplicativo da ABCCC. No Instagram @cavalocrioulooficial, você confere os bastidores da prova. 

Onde assistir e acompanhar

instagram.com/cavalocrioulooficial

www.cavalocrioulo.org.br

www.youtube.com/cavalocrioulooficial

A Final Nacional do Crioulaço 2022 tem o patrocínio de Supra e Vetnil, além do apoio dos parceiros Estância Liberdade, Cabanha Santa Fé, Estância Vendramin, Estância Tamanca, Cabanha do Parque, Copa do Laço, Cabanha Santa Isidoro, Cabanha Ouro Branco, Bender Chopp, Taboão Sementes e Cabanha Barra do Guassupi.

 

Confira a programação restante do evento:

15 de janeiro (sábado)

07h30 – Laço Dupla Final Nacional A (Classificatória)

– Laço Dupla Final Nacional B (Classificatória)

12h – Pausa para o Almoço (descanso do gado)

13h30 – Continuação da prova

– Laço Dupla Final Nacional C (Classificatória)

19h – Abertura Oficial da Final Nacional do Crioulaço

– Final Laço Prenda (Força C, B e A)

 

16 de janeiro (domingo)

07h30 – Final Nacional Dupla Força A

– Final Nacional Dupla Força B (Para em 10 ou menos)

– Final Nacional Dupla Força C (Para em 15 ou menos)