Logo -
sombra

Quarta edição do Ranch Sorting define os vencedores do ciclo 2021

07 DE NOVEMBRO DE 2021 - ATUALIZADA EM 07 DE NOVEMBRO DE 2021 | Redator: Redação ABCCC

Uma prova marcada pela concentração, que remete o dia a dia do campo e também carrega um sentimento de pluralidade: é assim que a Final Nacional do Aparta Boi/Ranch Sorting se consolida no ciclo 2021. Dos Estados Unidos (de onde a prova teve origem) diretamente para a pista do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS, a modalidade demonstra não só o amor pelo Cavalo Crioulo, mas também toda a união entre famílias, amigos, mulheres, jovens e veteranos dentro de uma mesma competição, onde quem se destaca como campeão é o próprio Cavalo Crioulo.

 

>>> Planilha final da categoria Aberta na Final do Ranch Sorting 2021

>>> Planilha final da categoria Família na Final do Ranch Sorting 2021

>>> Planilha final da categoria Feminina na Final do Ranch Sorting 2021

>>> Planilha final da categoria Mista na Final do Ranch Sorting 2021

 

Após pouco mais de cinco horas de aparte e de corrida contra o tempo, as 55 duplas que entraram em pista na noite de sábado (06) definiram o pódio da quarta edição do Aparta Boi/Ranch Sorting 2021, sob o julgamento do jurado Luciano Cardoso, divididos entre as categorias Aberta, Família, Feminina e Mista. 

 

Na categoria Aberta, a principal da noite, o topo do pódio foi ocupado pela dupla paulista Rafael Alves de Oliveira montando Necajô Estaca e Rafael Grilo da Cruz montando Inocência do Canto Porto, que na fase final tiveram o melhor aproveitamento, passando todos os bois no ordem correta e com o menor tempo. Apesar do título ter uma parte de ineditismo, os cavaleiros e suas montarias já tem trajetória recente competindo na modalidade. “Eu comecei a montar Criar Crioulo fazem dois anos e a treinar Ranch Sorting há um ano. É a segunda vez que ela (a égua Necajô Estaca) está aqui.. A primeira vez foi com o Rafael e agora comigo. Ele é meu treinador, nós treinamos no interior de São Paulo e estamos muito felizes de a primeira vez que estamos aqui pela primeira vez estando aqui já estamos premiando. Se não fosse ele, não estaria perto daqui não!”, conta Rafael Alves de Oliveira. Gratidão que é recíproca de seu companheiro nas pistas. “Queria agradecer muito ao Rafael (de Oliveira) pela dedicação toda vez passando seus animais pra mim. Tive a felicidade de no ano passado correr com essa égua e ficar em segundo lugar no Ranch Sorting, e hoje trouxe minha potra. Conseguir pegar o primeiro lugar é muito importante pra gente”, destaca o “xará” Rafael Grilo da Cruz. 

 

Julgamento 

Julgando as finais de Ranch Sorting desde sua primeira edição e também fazendo parte da Subcomissão de Ranch Sorting, Luciano Cardoso foi o responsável por avaliar os apartes e acompanhar de perto a evolução da modalidade na raça Crioula. “Estamos muito felizes com mais uma finalização de ciclo onde a evolução é muito grande. Contamos com uma prova com bastante qualidade, com muitas duplas apartando 10 bois”. Ele também salienta a diversidade da prova com a presença de crianças subindo ao pódio (referindo-se à pequena Isadora Azevedo Costa, que foi presença nos pódios Feminino e Família).”É uma prova de inclusão e de igualdade. A gente vê crianças dentro dessa modalidade com a capacidade de subir ao pódio. No ano que vem o objetivo é incentivar ainda mais as classificatórias e credenciadoras para superar a marca deste ano, uma marca histórica com quase 60 conjuntos participantes”, finaliza. 

 

Transmissão ao vivo

Com a apresentação da jornalista Estela Facchin e comentários do técnico e superintendente do Registro Genealógico da ABCCC, Frederico Vieira Araújo, a Final Nacional de Ranch Sorting foi transmitida na íntegra e ao vivo neste sábado (06) pelos canais oficiais da Associação: Facebook, site, aplicativo e Youtube Cavalo Crioulo Oficial, onde você pode voltar e assistir todas as emoções dessa final.

 

O ciclo 2021 de Aparta Boi/Ranch Sorting contou com o patrocínio de Supra e Vetnil, e com a parceria de Estância Liberdade, Cabanha Santa Fé, Estância Vendramin, Estância Tamanca e Cabanha do Parque.

 

Confira os resultados:

 

CATEGORIA ABERTA

 

1º lugar

Rafael Alves de Oliveira montando Necajô Estaca e Rafael Grilo da Cruz montando Inocência do Canto Porto

10 bois em 78’076

 

2º lugar

João Vitor Claus Dutra montando Uma Jóia da Morada Nova e Renato Rodrigues montando Recoleta da Morada Nova

8 bois em 85’544

 

CATEGORIA FAMÍLIA

 

1º lugar

João Francisco Peres Gonçalves montando Quero Vale Quatro Mapocho e Ricardo Peres Gonçalves montando Vincha da Morada Nova

10 bois em 82’240

 

2º lugar

Isadora Azevedo Costa montando Engano da Vitória Velho e Tatiana Velho de Azevedo montando Cambota da Vitória Velho

6 bois em 74’199

 

3º lugar 

Silvio Machado da Costa montando Atrevida da Vitória Velho e Tatiana Velho de Azevedo montando Cambota da Vitória Velho

6 boi em 88’252

 

CATEGORIA FEMININA