ABCCC - Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos

No segundo dia de final do Freio do Proprietário, 138 conjuntos são avaliados em Esteio

27 DE NOVEMBRO DE 2020 - ATUALIZADA EM 27 DE NOVEMBRO DE 2020 | Redator: Redação ABCCC

Foi mais uma oportunidade para os proprietários sentirem na pele as emoções de um Freio na principal pista da raça Crioula, em Esteio/RS. Desde às 7 horas desta sexta-feira (27), 138 conjuntos foram avaliados pelos trios de jurados, cujo dia foi marcado pela estreia dos competidores das categorias Amador B, Master B e Feminino na final.

Os proprietários são avaliados por André Luiz Narciso Rosa, Diogo Pinto Ferreira e Ivens Ortigari Júnior, na Amador A; Daniel Rossato Costa, Mário Moglia Suñe e Pedro Boemo Ferreira, na Master A; José Francisco Pereira de Moura, Ricardo de Freitas Labrêa e Rodolpho Hickmann Demoliner, na Amador B; e Eduardo Bello Brum, Marco Antônio Stumpf e Telmo Raimundi Ferreira, na Master B e Feminino.

Amador A: Ramiro de Moura ainda líder, mas com cavalo diferente
Com o Estribero do Encantto, com o qual é bicampeão, Ramiro de Moura caiu para o terceiro lugar. Porém, a liderança ainda ficou com o ginete, desta vez com Uno Solo do Kavaju Porã, cuja média parcial é de 11,342.

➡ Planilha da Amador A (após Mangueira 1)

 


Master A: com La Función da Pitangueira, Rogério Fialho assume a ponta
Os 10,167 de pontuação na prova de Mangueira 1 alavancaram o conjunto que havia terminado na segunda colocação nas andaduras. Após a prova com o gado, portanto, Rogério Fialho com La Función da Pitangueira assumiu a liderança com 10,846 de média parcial.

➡ Planilha da Master A (após Mangueira 1)

 


Em dia de estreia das categorias B, os classificados à fase final são conhecidos
Foi a primeira e decisiva vez na pista de Esteio para decidir os 10 conjuntos de cada uma das categorias Amador B, Master B e Feminino B que garantiriam vaga na fase final - a qual inclui as provas de Mangueira 2 e Bayard/Sarmento.

CLIQUE e acesse o catálogo

Na Amador B, foram 29 conjuntos. Foi no fim da tarde que Caio Canez Schmitt montando Piraí 1650 do Candidato atingiu 11,950 de média parcial e liderou a categoria. Junto a ele, outros nove conjuntos voltam à pista para a disputa dos quatro primeiros lugares no pódio. O mesmo roteiro foi seguido pelo líder da Master B, que contou com 16 conjuntos: Sandro Facco, que monta Nippon do Pontal, teve média de 9,300. Na ponta da categoria Feminino, Fernanda Maggi com PO Dama Negra. A média parcial de 10,536 superou as demais competidoras. Neste sábado (28), dez conjuntos ainda disputam o freio.

Planilha da categoria Amador B (após Mangueira 1)
Planilha da categoria Master B (após Mangueira 1)
Planilha da categoria Feminino (após Mangueira 1)

 

 Caio Canez Schmitt montando Piraí 1650. Média parcial: 11,950

 


Sandro Facco com Nippon do Pontal. Média parcial: 9,300

 

 
Fernanda Maggi com PO Dama Negra. Média parcial: 10,536

 

A programação para os próximos dias

28/11 – Sábado
8h – Prova de Campo (Freio do Proprietário – Amador e Master A)
14h – Início da Mangueira 2 (Freio do Proprietário – Amador B, Master B e Feminino)
16h – Bayard-Sarmento (Freio do Proprietário – Amador B, Master B e Feminino)
17h30 – Inclusão de Ouro
19h – Entrega de Prêmios - Freio do Proprietário – Amador B, Master B e Feminino e Inclusão de Ouro

29/11 – Domingo
08h – Prova de Mangueira 2 (Freio do Proprietário – Amador A e Master A)
10h – Prova Bayard-Sarmento (Freio do Proprietário – Amador A e Master A)
11h – Prova de Campo (Freio do Proprietário – Amador A e Master A)
13h – Entrega de Prêmios (Freio do Proprietário – Amador A e Master A)