ABCCC - Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos

Saiba quem são os nomes da nova Subcomissão de Ranch Sorting 2020/2022

10 DE NOVEMBRO DE 2020 - ATUALIZADA EM 10 DE NOVEMBRO DE 2020 | Redator: Leonardo Silva/ABCCC

Um esporte de família para a família. É assim que o Ranch Sorting - ou “aparta boi”, como é conhecida no Brasil - vem conquistando cada vez mais o público Crioulista e, ao mesmo tempo, tornando-se uma das disputas mais diversificadas da raça. Originária dos Estados Unidos, a prova pode envolver todos os membros da família e ainda atinge outras categorias como a Aberta, Feminina, Amadora e também a Infanto Juvenil de qualquer grau de equitação. 

 

Com a missão de tornar o Ranch Sorting ainda mais conhecido e disputado na raça Crioula, a nova Subcomissão foi escolhida para caminhar lado a lado com os ideais do novo quadro administrativo da ABCCC. Para o Coordenador da nova Subcomissão, Henrique dos Reis Noronha, por se tratar de uma prova moderna e comprometida, a missão é difundir ainda mais a modalidade, aproveitando que a prova também fomenta a questão do bem-estar animal. “Talvez seja a prova mais democrática que tenha na raça hoje, pois permite que todos participem em condições de igualdade, valorizando muito as participações familiares. Além disso, ela também traz importância para a aproximação afetiva, o cuidado e o carinho no trato com o cavalo”, conclui o coordenador.

 

Conheça mais sobre os nomes que integram a Subcomissão de Ranch Sorting no período 2020/2022:

 

Henrique dos Reis Noronha (coordenador)

Assumindo novamente a coordenadoria, Henrique dos Reis Noronha é natural de Porto Alegre/RS e volta a fazer parte da Subcomissão de Ranch Sorting. O criador já ocupou essa função na gestão de 2016/2018, além de coordenador da Subcomissão de Bem-Estar Animal na gestão de 2018/2020. Henrique é proprietário da Cabanha das Acácias, em Viamão/RS, e possui uma longa história com a raça Crioula. É formado em Medicina Veterinária pela Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) e, hoje, atua como médico veterinário e proprietário na Equine Clinic.

 

Luciano Fernandes Cardoso 

Natural de Vitória/ES, volta a agregar a Subcomissão de Ranch Sorting em sua 2ª gestão. Tendo contato com o cavalo desde muito jovem, seu pai já foi competidor e é criador da raça Mangalarga Marchador. Luciano cria Crioulos desde 2015 e é proprietário do Rancho Trilha do Sol, em Viamão/RS. O criador também já foi jurado nas finais de Ranch Sorting nos anos de 2018, 2019 e 2020. Luciano é formado em Comunicação Social pelo Centro Universitário FAESA de Vitória/ES e é representante da marca Lacoste no Rio Grande do Sul.

 

Thiago Orlando

Natural de Passo Fundo, volta a integrar a Subcomissão de Ranch Sorting pela segunda vez. Adquiriu o seu primeiro cavalo Crioulo em 2001 e desde então trabalha com a raça. Thiago é Inspetor Técnico da ABCCC desde 2014 e jurado credenciado desde 2016, e faz parte da diretoria do N.C.C.C de Passo Fundo há três mandatos, onde já ajudou a promover competições na região. Thiago Orlando é médico veterinário, formado pela Universidade de Passo Fundo, especializado em Reprodução Equina. Atualmente trabalha exclusivamente como Inspetor Técnico do Cavalo Crioulo. 

 

Thomas B. G. Eysink

Natural de Holambra/SP, segue seu trabalho na Subcomissão de Ranch Sorting. Filho de agropecuarista e apaixonado por cavalos desde a infância, Thomas segue o trabalho do pai e hoje atua diretamente como agropecuarista e também no agronegócio. Sempre presente nas organizações de provas esportivas das mais diversas raças, Thomas já está presente nas subcomissões da ABCCC desde 2016. Residindo no município onde nasceu e cresceu, viu oportunidade no cenário competitivo e, hoje, disputa provas de Ranch Sorting e também é proprietário do Centro Esportivo Tubantia em Holambra/SP.

 

Felippe Serena 

Natural de Passo Fundo/RS, Felippe participa pela primeira vez da diretoria da Subcomissão de Ranch Sorting. Neto de criador, desde pequeno teve contato com o cavalo e seguiu com o desejo de viver da raça. Criador desde 2002, optou por apostar no Cavalo Crioulo como cerne de seu plantel na Cabanha San Clemente, de Fontoura Xavier/RS. Felippe já teve animais finalistas em competições de Morfologia e do Freio de Ouro. O criador participa ativamente na organização e desenvolvimento de atividades na região através do Núcleo José Ronald Bertagnolli de Passo Fundo. Além disso, é médico veterinário formado pela Universidade de Passo Fundo, com pós-graduação em Nutrição Animal pela Faculdade Rehagro, de Belo Horizonte/MG. Atualmente é consultor no Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e faz MBA na Fundação Getúlio Vargas (FGV) de Passo Fundo.