ABCCC - Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos

Conheça o Conselho de Planejamento 2020-2022

20 DE OUTUBRO DE 2020 - ATUALIZADA EM 20 DE OUTUBRO DE 2020 | Redator: Redação ABCCC

O Conselho de Planejamento surge com a finalidade de definir, acompanhar e avaliar as estratégias e metas da ABCCC junto à Diretoria, estruturando atividades e viabilizando a concretização de projetos. A pasta é composta por sete membros, dentre os quais, cinco ex-presidentes da Associação. Quem preside, de acordo com o estatuto, é o ex-presidente mais recente da Entidade. Desta forma, Francisco Kessler Fleck comanda o departamento.

Viabilizando a concretização de projetos, infraestrutura e aquisições, o Conselho direciona, conforme plano estratégico estabelecido, as estratégias e metas da ABCCC no permanente processo de estruturação das atividades-meio da Associação com seus associados. “É uma honra trabalhar com grupo do Conselho. Juntos, vamos revisar e atualizar o planejamento estratégico da Entidade e apoiar as ações da diretoria executiva”, pontua Francisco Fleck.

CONSELHO DE PLANEJAMENTO 2020/2022

Presidente
Francisco Kessler Fleck 
Presidente da Associação na gestão 2018-2020, Fleck agora ocupa a presidência do Conselho de Planejamento. Anteriormente, já havia marcado presença na diretoria da ABCCC - na gestão 2014-2016, foi Vice-Presidente Técnico, também ocupando a presidência do Conselho Deliberativo Técnico. Antes disso, esteve presente no CDT entre os anos de 2004 e 2012 (quatro gestões). Gaúcho de Porto Alegre, Francisco Kessler Fleck tem uma relação de berço com a raça Crioula. Filho de criadores, participou da consolidação da Cabanha Gravatá, de Gravataí/RS, patrimônio da família. Agrônomo por formação, atua como jurado da raça desde 1994.

Manuel Luís Benevenga Sarmento
Foi presidente da Associação no biênio 2010-2012 e desde 1999 integra a diretoria da Entidade. Entre 2008-2010 também foi membro da Comissão de Provas Funcionais. Natural de Bagé/RS, Sarmento é produtor rural e jurado da raça desde os 18 anos de idade (1979). Seu avô, Belisário Sá Sarmento, foi um dos fundadores da Associação e responsável pela primeira importação de um cavalo Crioulo para o Brasil. Seu pai, Manuel Rossel Sarmento, foi quem o inseriu no universo da raça. Com anos dedicados ao Cavalo Crioulo, julgou diversos eventos, entre eles, seu primeiro Freio de Ouro, em 1988. Em 2020, a Cabanha São Francisco, criação da família, completou 90 anos de atividade.

Ricardo Gallicchio Kroef
Dr. Tita, como é conhecido no meio, foi segundo secretário na gestão de 2018-2020. Atuando profissionalmente como médico há 37 anos, atua na especialidade de Cirurgia de Cabeça e Pescoço. Foi responsável pela construção do protocolo sanitário de distanciamento social em enfrentamento à Covid-19, estabelecido pela ABCCC em conjunto com a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, local em que atua como Diretor Técnico do Complexo Hospitalar. Frente ao Cavalo Crioulo, é criador sob o afixo e Cabanha El Barquero.

Mauro Raimundi Ferreira
Presidiu a Associação entre os anos de 2012 e 2014 e o Conselho de Planejamento da gestão seguinte. Em 2016-2018, também esteve no Conselho, desta vez como membro. Anteriormente, já havia sido Vice-Presidente de Relacionamento entre Núcleos, entre 2010 e 2012. Mauro integra a lista principal de jurados da raça há 25 anos. Formado em Direito, o criador fez uso de seus conhecimentos para dar redação ao regulamento do Freio de Ouro e de outras modalidades oficiais. Além dos regulamentos, Mauro também escreveu também o Hino do Cavalo Crioulo. É natural de Pelotas/RS, mas atualmente reside em Lavras do Sul/RS onde cria cavalos através da Cabanha Macanudo, em parceria com sua família há 38 anos.

Henrique José de Queiróz Marim Teixeira
Foi presidente nas gestões de 1997-1999 e 2006-2008. Integrou o Conselho de Planejamento nas gestões de 2012-2014 e 2016-2018, além de ter sido vice-presidente na gestão de 2004-2006. Também já ocupou cargo de Presidente da Federação Internacional de Criadores de Cavalos Crioulos (FICCC). Em 1982 encontrou no Cavalo Crioulo atributos para preencher sua necessidade por um animal de lida. Assim, no município de Júlio de Castilhos/RS e sob o afixo Água Funda, cria animais que participam de grandes finais oficiais até o dia de hoje. Pai do ginete multicampeão do Freio de Ouro, Daniel Teixeira, Marin é bacharel em Economia e produtor rural.

Roberto Sidney Davis Junior
Foi presidente na gestão 2008-2010 e Vice-Presidente na gestão 2004-2006. Após deixar a presidência, passou a integrar o Conselho de Planejamento nas cinco gestões seguintes (2010-2012, 2012-2014, 2014-2016, 2016-2018 e 2018-2020). É proprietário da Cabanha Infinito, de São Sepé/RS, que por diversas temporadas figura com grande representatividade nas finais do Freio de Ouro. Em 2020, seu afixo completa 30 anos. Advogado e pecuarista, Davis reside na cidade de Porto Alegre/RS.

Evaristo Tagliari Neto
Foi vice-presidente de Núcleos na gestão de 2018 a 2020. Atualmente ocupa o cargo de vice-presidente do Núcleo Matogrossense de Cavalos Crioulos, já tendo participado dos núcleos do Planalto da Quarta Região e de Núcleo de Passo Fundo. É criador desde 1987, sob o afixo Passo Fundo, da cidade de Palmares do Sul/RS. Reside na cidade de Primavera do Leste, município lozalizado no estado do Mato Grosso, onde também atua como produtor rural.