ABCCC - Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos

Melhores da Doma de 2018 são conhecidos

21 DE JULHO DE 2018 - ATUALIZADA EM 21 DE JULHO DE 2018 | Redator: Pedro Henrique Krüger/ABCCC

Na pista do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS, os campeões do Redomão da ABCCC e de Um Ano de Freio foram premiados. Após dois dias de provas, que iniciaram na quinta-feira (19) e terminaram neste sábado (21), os jurados Claudio dos Santos Fagundes e Eduardo Weber de Quadros definiram, com base nos desempenhos apresentados, os melhores da Doma em 2018.


O título de Domador do Ano foi para Cesar Lopes, que montou Linda Moça do Macanudo. O conjunto, que conquistou em 2017 o Redomão da ABCCC, mais uma vez subiu ao pódio. Com o troféu em mãos, o domador destacou a qualidade do animal. “Já na doma mostrou-se com um temperamento muito bom e agora novamente. Uma égua vaqueira muito boa de trabalhar”, apontou.


No Redomão da ABCCC, que recebeu a inscrição de 39 conjuntos, o campeão foi Jeferson Almeida montando a égua Las Callanas Noiva Linda. Com 79,625 pontos, o domador tentou transcrever o momento em palavras, apesar de estar bastante emocionado. “A sensação é de uma alegria imensa, de gratidão ao apoio de todos. O Cavalo Crioulo para mim é um fenômeno, um bicho de muita garra e muita força”, celebrou.


A avaliação dos jurados


Com experiência e conquistas no currículo, a dupla formada por Eduardo Weber de Quadros, Freio de Ouro 2017 (fêmeas), e Claudio dos Santos Fagundes, Freio de Prata (machos), teve a oportunidade de avaliar os conjuntos presentes na pista de Esteio.


O jurado Eduardo colocou em evidência a qualidade dos animais. “Foi surpreendente o desempenho dos animais, que cresceram bastante na final. Tivemos provas maravilhosas, tanto no Redomão da ABCCC como na prova de Um Ano de Freio. E aqui na decisão, que foi a prova de gado, corresponderam à altura”, avaliou.


Na mesma linha, Claudio frisou o crescimento dos animais durante a realização das provas. “Foi um nível alto. Os bichos a cada dia melhoraram, em um nível bem superior ao que nós estamos acostumados a ver nas provas”, concluiu.


Premiação


Os domadores receberam quase R$ 40 mil, que foram divididos entre os cinco primeiros de cada categoria, o dobro em relação à premiação do ano passado.


De acordo com o coordenador de subcomissão de Doma de Ouro, Júlio Cesar Hax, as expectativas foram superadas. “Aumentamos a premiação e acho que isso influenciou na prova, porque vieram mais participantes do que esperávamos. Estamos sempre tentando valorizar o domador e acho que isso foi feito com êxito”, finalizou.


 


Confira os resultados (ainda não homologados pela ABCCC): 


Redomão da ABCCC


1º lugar
Jeferson Almeida montando Las Callanas Noiva Linda
Nota: 79,625


2º lugar
Carla Joseane Flores montando Pontezuela Gravatá
Nota: 77,463


3º lugar
Guinter de Quadros montando Camb Barbado
Nota: 77,388


4º lugar
Marcos Silveira montando Santa Augusta Madrecita
Nota: 76,400


5º lugar
Daniel Ortiz montando Mala de Garupa da Chalet
Nota: 75,300 


6º lugar
Milton Macedo montando Madrugada da Dona Silvina
Nota: 74,350


 


Um Ano de Freio


1º lugar (Domador do Ano)
César Lopes montando Linda Moça do Macanudo
Nota: 12,195 


2º lugar
Flávio Mass montando Jóia Rara da Verdade
Nota: 11,845


3º lugar
Zeca Dias montando Monsaraz do Canguçu
Nota: 10,900


4º lugar
Jonatan Teixeira montando Guarita Trinca
Nota: 10,420