ABCCC - Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos

Fim da primeira fase: veja quem segue na grande final do Freio de Ouro

24 DE AGOSTO DE 2019 - ATUALIZADA EM 24 DE AGOSTO DE 2019 | Redator: Redação ABCCC

Sob clima intenso de decisão e com o impulso de uma torcida empolgada lotando as arquibancadas, o desafio da lida com o gado encerrou a primeira fase da grande final do Freio de Ouro 2019, revelando os 28 animais que se habilitam a seguir em busca dos prêmios Ouro, Prata, Bronze e Alpaca (além, é claro, dos R$ 200 mil em prêmios). Neste sábado (24), mangueira e campo determinaram os rumos da competição que entra em seu momento máximo na tarde do tradicional domingo do Freio de Ouro.

Competição acirrada e imprevisível entre as fêmeas. Ao fim de cada parcial, uma égua diferente assumiu o topo no decorrer primeira fase, mas só uma pode  estar na posição privilegiada às vésperas da grande final. Indo da quarta melhor nota morfológica ao primeiro lugar na conclusão das paleteadas da etapa de Campo, Campana Vicuña sustenta a liderança com a parcial 19,596. A zaina conduzida pelo ginete Fábio Teixeira da Silveira atualmente está sob a propriedade da Cabanha JLV, de Santa Margarida do Sul/RS.


CLIQUE AQUI e confira a parcial das fêmeas na primeira fase. As 14 primeiras voltam para o domingo.

Trocando de divisão, a situação é totalmente inversa. Líder uma vez, líder sempre. Santa Alice Nublado II foi imbatível durantes os três dias da fase inicial. Arrancando já com a melhor nota morfológica, manteve o equilíbrio de desempenho funcional e na lida com o gado, fechando com 100% de aproveitamento a sua participação até aqui, somando 21,673. Exposto pelas estâncias Santa Alice e El Casillero, o garanhão se apresenta em pista com a comando do ginete Fernando Andrighetti.

CLIQUE AQUI e veja a planilha dos machos ao fim da primeira fase. Os 14 primeiros voltam para o domingo.

 

Lembre as etapas de Andaduras, Figura, Volta sobre patas e Esbarradas

O primeiro dia de etapas funcionais foi disputado sob céu nublado, mas pista firme em quase doze horas consecutivas de prova na  sexta-feira (23). Durante a manhã, as fêmeas demonstraram sua capacidade nas provas de Andadura, Figura, Volta sobre Patas e Esbarradas. Ao final da prova, cerca de 34% dos animais ultrapassaram 18 pontos de média e com KT Violeta na liderança. À tarde, machos entraram em pista para realizar o circuito, finalizando as etapas com Santa Alice Nublado II se mantendo na primeira colocação.

 

CLIQUE AQUI e veja a parcial das fêmeas no segundo dia de provas.

CLIQUE AQUI e confira a parcial dos machos no segundo dia de provas.

 

Relembre a etapa morfológica

Uma das filas mais esperadas do ano pode ser vista no palco do Cavalo Crioulo na quinta-feira (22), com direito a sequências de notas que comprovam o selo racial e a conformação daqueles que chegaram ao momento decisivo da modalidade no Parque de Exposições Assis Brasil.

 

Das 49 éguas que disputam a final, 28 conquistaram notas acima de 7 na etapa morfológica. Em primeiro lugar, Erva Santa Cala Bassa puxa a categoria ao alcançar a média de 8,600 (ela que já foi três vezes Reservada Grande Campeã na Morfologia na Expointer) .Ao todo, 18 exemplares conquistaram notas acima de 7,5 e seis acima de 8 pontos, demonstrando a qualidade dos animais da disputa julgada por André Luiz Narciso Rosa, Federico Argüelles e Rodrigo Albuquerque Py. Em entrevista à transmissão ao vivo no site, Facebook e YouTube da ABCCC, o presidente da Associação, Francisco Kessler Fleck, comentou sobre o alto nível apresentado nesta manhã: “chama a atenção o preparo desses animais, com profissionais excelentes por trás, muitos já premiados e outros com grandes possibilidades de vencer”.

No momento de avaliar o grupo de 48 machos concorrendo, situação semelhante à divisão anterior: julgamento também marcado pela presença de mais da metade dos exemplares com nota acima dos 7 pontos, avaliações dadas pelo trio de jurados Eduardo Móglia Suñe, Luis Rodolfo Machado e Luciano Corrêa Passos. Na frente da fila, Santa Alice Nublado II liderou com 8,100 de avaliação.

 

CLIQUE AQUI e confira  a parcial morfológica das Fêmeas.

CLIQUE AQUI e veja a parcial morfológica dos Machos.


O Freio de Ouro conta com o patrocínio de Ipiranga e Massey Ferguson, além do apoio da Supra e Chevrolet.